domingo, 18 de fevereiro de 2018

WEST FRASER


WEST FRASER - Calor tropical - Óleo sobre linho - 61 x 91,4

WEST FRASER - Artesanato de pescador - Óleo sobre linho - 76,2 x 61

WEST FRASER - Por de sol na primavera - Óleo sobre linho

É interessante observar como o Impressionismo ainda coleciona adeptos e como se desenvolveu ao longo de décadas. Mesmo sendo uma tendência datada ao final do século XIX, sua influência tornou-se uma marca registrada e não deixou mais o cenário da arte. Seja pela liberdade expressiva, ou pela ausência do rigor técnico dos estúdios, mas principalmente pelo frescor da pintura produzida ali, em contato direto com o tema, nas muitas cenas de paisagens ou cenas urbanas movimentadas e saudosistas, captadas com a espontaneidade que só uma sessão de plein air consegue oferecer.

WEST FRASER - Algo a fazer - Óleo sobre tela - 40,6 x 50,8

WEST FRASER - Hope Spring Valley - Óleo sobre tela - 50,8 X 40,6

Trabalhar ao ar livre liberou West Fraser de seu estúdio, colocando-o em intimidade com o rico tecido da vida urbana, ou em ambientes naturais intocados, onde dominou o uso correto da luz e das cores das estações, dos momentos do dia e dos efeitos atmosféricos variados sobre paisagens e cenas de cidades. Tudo que já havia sido experimentado por inúmeros artistas, no início do movimento mais importante para a modernização do fazer artístico: o Impressionismo.

WEST FRASER - Primavera em Taormina - Óleo sobre tela - 76,2 x 91,4

WEST FRASER - Vista da cidade - Óleo sobre linho - 81,2 x 162,5

WEST FRASER - Fim de inverno - Óleo sobre linho

Foi somente em 1989, que Fraser começou a produzir suas primeiras pinturas a óleo, criadas a partir da pintura em plein air. Um estilo baseado em uma renderização impressionista de luz, cor e atmosfera, em forma de paisagens, cenas urbanas e visões marítimas. Desde então, ele explorou sua produção nesta linha - desenvolvendo constantemente suas habilidades formais e expressivas na retratação de assuntos que vão desde vistas panorâmicas de casarios, com seus telhados urbanos, até paisagens íntimas, em pântanos remotos de ilhas, ou de cenas costeiras, suas preferidas fontes de inspiração. A sedução para essa abordagem havia começado anos antes, quando em 1986, suas cenas em aquarela já haviam adquirido um apelo mais lisonjeiro e lírico.

WEST FRASE - Bear Island Flats - Óleo sobre linho - 61 x 91,4

WEST FRASER - Wagon Trail - Óleo sobre tela - 50,8 x 61

WEST FRASER - O mundo muda - Óleo sobre linho

West Fraser nasceu em Savannah, na Geórgia, Estados Unidos, filho de Joseph Bacon Fraser Jr e Carolyn Bexley. Frequentou a Savannah Country Day School e foi criado próximo a Hinesville até 1964, quando sua família se mudou para Hilton Head Island, Carolina do Sul. Graduou-se na Universidade da Geórgia com um diploma de bacharel em 1979. No ano seguinte, em Savannah, trabalhou de forma independente como ilustrador e começou suas primeiras pinturas em aquarelas. De 1980 a 1984, ele morava no condado de Buck, na Pensilvânia, e começou a viajar para cima e para baixo da costa da Nova Inglaterra para pintar assuntos marítimos e cenas portuárias. Em 1984, ele se instalou em Charleston, Carolina do Sul, e continuou seu trabalho em aquarela até o final da década de 1980. As composições marinhas realistas e detalhadas deste período resultaram no reconhecimento crítico precoce, com uma exposição conjunta em 1984 nas Galerias de Arte Grand Central de Nova York, e na sua primeira exposição individual no Gibbes Museum of Art, em Charleston , no final de 1986 até o início de 1987.

WEST FRASER - Carro de boi - Aquarela sobre papel

WEST FRASER - Knoll windy - Óleo sobre tela - 66 x 76,2

WEST FRASER - Velhas árvores - Óleo sobre tela - 28 x 35,3

Ele atingiu a maturidade artística ali memso, em Hilton Head Island, onde desenvolveu seu amor pelos arredores costeiros que hoje ainda lhe fornecem a maior fonte de inspiração. Um dos principais artistas americanos na tradição representacional e de plein air, ele construiu sua carreira em vistas ricamente pintadas e atmosféricas de cidades, costas e paisagens em todos os Estados Unidos e também fora deles. As cidades montanhosas da Toscana, na Itália, são outra temática que muito lhe agradam. Um ávido viajante, ele pintou em todo o Caribe, América Central, diversas regiões da Europa e Escandinávia.

WEST FRASER - Velho casarão - Óleo sobre linho

WEST FRASER - Um longo caminho - Óleo sobre linho

WEST FRASER - Zona costeira - Óleo sobre linho

Através de seus muitos elogios e prêmios, ele alcançou uma reputação nacional e internacional como mestre de criar uma luz natural em suas pinturas luministas. Defensor de um estilo e movimento que conquistou o mundo e veio para ficar, Fraser faz um Impressionismo contemporâneo como poucos. Seus trabalhos se encontram no acervo de diversos museus e instituições, públicas ou privadas. Casado com Helena Fox, o artista reside atualmente em Mt Pleasant, Carolina do Sul.

West Fraser em plein air.


PARA SABER MAIS: